Google Links

segunda-feira, 23 de março de 2015

Alecsandro assume artilharia e cria dor de cabeça no Fla

O técnico Vanderlei Luxemburgo já tem na cabeça um time ideal desde que fechou o elenco neste Campeonato Carioca. Porém, um reserva de luxo está criando uma dor de cabeça para o treinador. Trata-se de Alecsandro, que iniciou a temporada como opção de Marcelo Cirino, mas aproveitou bem as chances obtidas e virou artilheiro do Rubro-negro na temporada após marcar os dois gols da vitória diante do Vasco, no último domingo, no Maracanã.
Marcelo Cirino foi contratado e Luxemburgo tratou de torna-lo o principal atacante do time e não jogando apenas pelos lados de campo como fez em toda a carreira. O ajuste deu certo e o jogador marcou 8 gols em 13 jogos disputados. O problema é que Alecsandro tem mostrado todo o seu faro de gol: ele foi titular em apenas cinco das 11 partidas em que atuou. Foi o suficiente para empatar com o companheiro na artilharia.
Desde a pré-temporada, Luxemburgo deixou claro que queria um ataque veloz e com variação de jogadas. Desta forma, Paulinho, Everton e Marcelo Cirino foram o trio ideal para o treinador. Com o retorno dos dois primeiros do departamento médico, o sonho de Luxa ficou próximo de se tornar realidade. Mas o que fazer com Alecsandro?
Luxemburgo já pensa em alguma formação para que Alecsandro não saia do time. Para isso, ele poderá ser obrigado a recuar um dos principais jogadores do time, que tem tido grande desempenho mais próximo ao gol. Uma verdadeira dor de cabeça.
"Não coloquei o Paulinho aberto. O Márcio Araújo acompanhava um lateral, o Everton outro, e tinha Paulinho e Marcelo enfiados. Mantive a linha de quatro e tivemos possibilidades de matar o jogo. Faltou o passe final. Dá para jogar com os três e o Alec, ou recuar o Everton... Temos muitas opções para mudar o jogo", projetou Luxa.
Com 26 pontos, o Flamengo assumiu a terceira posição e está na briga por uma vaga nas semifinais do Campeonato Carioca. O Rubro-negro volta a campo nesta quarta-feira, às 22h, quando receberá o Bangu, no Maracanã. Com a expulsão de Paulinho, o treinador ganhou um pouco mais de tempo para pensar, mas não tanto.
[Fonte: Uol Esporte]

Jogo conturbado, mas Flamengo vence por 2x1 do Vasco

Em um jogo com todos os ingredientes de uma grande final, o Flamengo venceu o Vasco, por 2 a 1, na noite deste domingo, no Maracanã. A partida chegou a ser paralisada no primeiro tempo por causa da forte chuva que alagou o campo. no segundo tempo, Bernardo e Guiñazú foram expulsos pelo Vasco e Paulinho e Anderson Pico pelo Flamengo. Com o resultado, o Rubro-Negro passou a ocupar a terceira colocação e, o time da Cruz de Malta, o quarto lugar na tabela do Campeonato Carioca.
[Fonte: Uol Esportes]

sábado, 21 de março de 2015

Flamengo x Vasco: clássico já tem mais de 35 mil ingressos vendidos

O Clássico dos Milhões vai fazendo jus ao título, ao menos para o duelo deste domingo. Os postos de venda para Flamengo x Vasco, marcado para as 18h30, no Maracanã, fecharam esta sexta-feira com um total de 35.437 ingressos vendidos – não há mais bilhetes para o Setor Norte, destinado à torcida rubro-negra. A carga total colocada à disposição dos torcedores é 56.678, com 30,3% deste total destinados à venda pela internet. Há ainda 3.860 cortesias e 12.746 gratuidades.

Flamengo anuncia autossuficiência de todos os seus esportes olímpicos

A vice-presidência de Esportes Olímpicos do Flamengo anunciou nesta sexta-feira, 20, uma notícia importante para modalidades como o judô, a natação, a ginástica e o basquete rubro-negros. Desde o último dia 4, todos os esportes subordinados à pasta conquistaram sua autossuficiência, ou seja, podem ser mantidas sem prejuízo ao clube através de patrocínios e parceiros. 
A nova fase do esporte olímpico do time da Gávea foi possível graças a readequação, em Brasília, de projeto de Lei de Incentivo através do Imposto de Renda de pessoas físicas, pelo projeto Anjo da Guarda, e também entre várias empresas. O clube começou sua "missão" em janeiro de 2013 e conseguiu arrecadar financiamentos de R$ 1,5 milhão.

Em nota oficial, o Conselho Diretor rubro-negro anunciou que a equipe adulta de basquete é autossustentável até julho de 2015, com patrocínios diretos através de empresas da Lei de Incentivo de ICMS, bilheterias e cotas de partidas. O basquete de base está garantido com receitas próprias até fevereiro de 2016. O vôlei, a natação, o polo aquático e o nado sincronizado também têm recursos garantidos até esta data. A ginástica artística e o judô, até abril de 2015, enquanto o futsal é autossustentável até dezembro desse ano.

Até dezembro de 2015, o Flamengo pretende entregar algumas obras, todas com fontes oriundas de parcerias e financiamento dos esportes olímpicos. O Ginásio Hélio Maurício, reformado, foi o primeiro a ser inaugurado. O Centro de Treinamento de Força e Condicionamento dos Esportes Olímpicos também já foi entregue. O Ginásio Togo Renan Soares será reformado, com vestiários e programação visual, e será entregue através de parceria com o Comitê Olímpico dos EUA. A Arena de Judô e Lutas terá será totalmente nova depois de ficar décadas com o mesmo espaço. Ela também será refeita através de parceria com o Comitê americano e recursos da Lei Pelé.

[Fonte: Globo Esportes]

Luxa critica relação entre Rubinho e Eurico: "Não faz parte do jogo"

O Clássico entre Flamengo e Vasco já começou, e bem longe do Maracanã. Se a bola só vai rolar domingo, às 18h30m (de Brasília), pela 11ª rodada do Campeonato Carioca, nos bastidores a rivalidade ferve. No último domingo, o presidente da Ferj, Rubens Lopes, acompanhou a vitória vascaína sobre o Nova Iguaçu, em São Januário, no camarote de Eurico Miranda. A proximidade entre os dirigentes não repercutiu bem no Ninho do Urubu, e, nesta sexta-feira, Vanderlei Luxemburgo aproveitou uma descontraída entrevista coletiva para demonstrar sua insatisfação com a situação.


Depois de confirmar a escalação sem mudanças em relação ao time que venceu o Brasil de Pelotas, pela Copa do Brasil, e brincar com a maioria dos jornalistas, o treinador abordou o tema no meio de uma pergunta sobre a rivalidade entre vascaínos e rubro-negros. Antes mesmo que a polêmica da decisão do ano passado, quando o Fla foi campeão com um gol irregular de Márcio Araújo, entrasse em pauta, Luxa tratou como anormal a relação entre Rubinho e Eurico.

- Tudo o que está sendo falado faz parte de uma rivalidade muito grande de Vasco e Flamengo. A única coisa que não faz parte é saber que o presidente da Ferj está frequentando o camarote do presidente do Vasco. O que não faz parte é o presidente do Vasco estar sentado na cadeira do presidente da Federação em algum momento. Isso tudo é que não faz parte do jogo do futebol. Eu não tenho nenhuma preocupação quanto ao árbitro. Eu reclamo, gesticulo. Antigamente, eu ofendia, agora não. O que me preocupa mesmo é essa relação.

Outro tema que não poderia passar batido na entrevista de Vanderlei Luxemburgo era o indiciamento de Luiz Antonio pela polícia por estelionato. Ao contrário do ano passado, quando o caso veio à tona, o volante não foi preservado, treinou normalmente no centro de treinamento e será relacionado para o clássico. O treinador tratou o episódio com naturalidade.
- Não é mais um fato novo. É algo que já tinha acontecido lá atrás e está trabalhada. Sabíamos que podia chegar ao indiciamento ou não. O Flamengo está dando toda assistência, toda atenção na parte jurídica e veio treinar normalmente. O assunto está sendo tratado com naturalidade. Da outra vez, era um fato novo. Agora, não tem motivo para preservá-lo. Tem nosso apoio. O que aconteceu lá atrás está repercutindo e vai continuar.

O confronto com o Vasco, no entanto, não passou batido. Luxa admitiu que ainda sente frio na barriga em partidas deste quilate e resumiu como o confronto mais importante do futebol carioca.

- O Vasco veio de um ano ruim. Subiu, mas ficou aquela desconfiança. Agora, chega na liderança da competição. É um clássico que mexe muito com as pessoas e com os torcedores. Estamos preparados para essa rivalidade. Encontro o porteiro do prédio que fala que não pode perder para o Vasco. O presidente do Vasco se envolve muito. É a maior rivalidade do Rio de Janeiro. 

Com 23 pontos, o Flamengo é o terceiro colocado no Campeonato Carioca e ultrapassa o líder Vasco em caso de vitória. A diferença entre os clubes no momento é de três pontos e somente um gol de saldo: 16 a 15. Para terminar a rodada em primeiro, o Rubro-Negro tem que torcer por um tropeço do Botafogo diante da Cabofriense.
[Fonte: Globo Esporte]

quinta-feira, 19 de março de 2015

Fifa dá ganho de causa ao Fla, que pode embolsar R$ 10 mi por Hernane

A Fifa deu ganho de causa ao Flamengo em primeira instância por conta da transferência do atacante Hernane para o Al-Nassr, da Arábia Saudita. O jogador deixou o Rubro-negro em agosto do ano passado e nenhum depósito foi efetuado.
A entidade máxima do futebol mundial determinou o pagamento dos valores de venda, juros e multas. A conta envolve pouco mais de R$ 10 milhões. Os árabes têm o prazo de dez dias para qualquer recurso.
O pagamento deve ser efetuado ao Flamengo até 17 de abril, sob pena de encaminhamento dos autos ao Comitê Disciplinar da Fifa para aplicação das sanções disciplinares cabíveis.
Caso seja acatado o recurso dos árabes no prazo estipulado, o Flamengo acredita que um novo julgamento poderá acontecer até a metade do ano e as perspectivas de vitória, segundo o clube, são grandes.
Por sua vez, Hernane busca um clube para atuar. Ele deixou o Al-Nassr e retornou ao Brasil após três meses de salários atrasados.
[Fon

Flamengo vence Brasil-RS, mantém longo tabu e avança na Copa BR

O Flamengo está na segunda fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o Rubro-negro entrou em campo com a vantagem de até perder por 1 a 0, mas não correu riscos no Maracanã e venceu o Brasil de Pelotas por 2 a 0 - gols de Paulinho e Eduardo da Silva. Com isso, o time manteve o tabu de 26 anos sem derrotas na primeira fase do torneio eliminatório.


FLAMENGO 2 X 0 BRASIL DE PELOTAS
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Luciano Roggenbaun (PR)
Renda: R$ 363.547,50
Público: 8.859 pagantes / 10.195 presentes
Cartões amarelos: Bressan (Flamengo); Leandro Leite (Brasil de Pelotas)
Gol: Paulinho, aos 25min do segundo tempo, Eduardo da Silva, aos 46min do segundo tempo
Flamengo
Paulo Victor; Pará, Wallace, Bressan e Anderson Pico (Luiz Antonio); Jonas, Márcio Araújo e Canteros; Gabriel (Eduardo da Silva), Alecsandro (Paulinho) e Marcelo Cirino
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Brasil de Pelotas
Eduardo Martini; Wender, Fernando Cardoso, Ricardo Bierhals e Rafael Forster; Leandro Leite, Galliardo, Márcio Hahn (Diogo Oliveira) e Felipe Garcia (Cleiton); Alex Amado (Billy) e Nena
Técnico: Rogério Zimmermann
[Fonte: Uol Esportes]